Para você que simplesmente sumiu.

Se você ao menos me desse certeza de que não voltaria, que nossa história acabaria ali, eu não ficaria por aqui, esperando ver o momento que você voltaria. Talvez se você ao menos tivesse olhado nos meus olhos e dito: ''boa sorte'' ao invés de dizer ''a gente se vê'', eu entenderia e por mais que não fosse exatamente o que eu esperava de você, te desejaria ''boa sorte'' também. Se você tivesse sido ao menos sincero o suficiente e não deixasse nada subentendido, eu compreenderia e seguiria outro caminho. Se você não queria, cara. Era só dizer. Eu sei que eu não devo te culpar por todas as minhas expectativas, por esperar muito mais de você sem nem saber se você estaria disposto a dar, por te aguardar de coração aberto sem nem ter a certeza se você iria ficar, ou se estava mesmo se despedindo de mim. Eu sei que eu não devo te culpar por ter te dado a chave do meu peito achando que você aparecia qualquer dia desses, quando na verdade, cê jogaria na primeira lixeira que aparecesse. Se você não estava a fim, deveria dizer pra mim. E mesmo que doesse ouvir de você: ''estou indo'', eu teria ao menos engolido o choro, disfarçado com o sorriso e te respondido: ''foi bom te conhecer''.
Se você não estava tão empolgado, deveria dizer: ''tô abandonando o barco'', ao invés de fugir do nada e me deixar com aquela interrogação terrível, pensando se tinha feito algo errado quando na verdade, você quem não estava disposto a acertar. Ao menos eu não levaria isso tão longe achando que você ainda estava disposto a dividir o peso das coisas comigo, enquanto eu remava sozinha e afundava sem nem perceber que você já tinha pulado fora. Se você não estava a fim, era só dizer pra mim. Mesmo que eu não me sentisse confortável em ouvir que você não queria entrar nisso, eu te agradeceria por ter sido sincero. Mesmo que eu chorasse pela tua falta e a tua saudade doesse em mim, eu entenderia que pior seria se eu me envolvesse nisso sozinha. Se você não estava a fim, deveria evitar que eu me perdesse de mim quando tentava te encontrar e você fugia. Cê deveria falar que não queria, ao invés de fugir aos poucos, porque a cada dia que eu te procurava, me doía saber que respostas alguma eu receberia, doía não ter a certeza de nada, doía não saber o motivo que te fez partir porque você sequer se importou em explicar. Se você tivesse dito: ''Foda-se'', eu teria entendido. E por mais que doesse ouvir isso de você, eu te agradeceria e te diria: ''foda-se você também.'' Mas você simplesmente sumiu.

Eu não te perdi, me livrei.

Da última vez que a gente se encontrou, cê sequer olhou no meu rosto, a cada minuto tirava o celular do bolso, tentando fugir de mim. Da última vez que a gente se viu, cê nem percebeu que mudei o cabelo, não perguntou como estava a minha vida, sequer se interessou em saber se você fazia falta dentro dela. Da ultima vez que a gente se esbarrou, cê parecia frio, evitou puxar assunto, aparentemente estava bem sem mim. Soube que cê tinha ficado com alguém, finalmente estava aberto para conhecer novas pessoas. Enquanto eu estava aqui, esperando esse tempo todo que você me dissesse que queria tentar mais uma vez, esperando que você se me fizesse enxergar que dessa vez, valeria a pena. Doeu ver que você tinha dado o primeiro passo e eu tinha ficado pra trás, doeu te ver partindo porque eu ainda acreditava que a gente tinha muita coisa pra caminhar juntos. Doeu ver que você estava feliz sem mim e que, na verdade, você nunca compreendeu toda aquela saudade que eu sentia de você. Eu ainda pensava em você, cara. Eu ainda acordava esperando por uma mensagem tua, dormia pedindo que o você acordasse e me chamasse pra falar da gente, mas cê já tinha desistido de tudo, não era? Foi uma tortura pra mim saber que você estava ficando com outras pessoas, caminhando de mãos dadas por aí, sorrindo a berça e voltando pra casa sem sequer pensar em mim. Enquanto tudo que eu consegui foi me fechar pra todo mundo até que a ferida que você deixou cicatrizasse de vez. Eu precisei passar por tudo isso pra finalmente entender que o meu mundo não deveria girar em torno de você. Eu precisei chorar sozinha pra entender que você não merecia mais nenhuma lágrima de mim. Eu tive que suportar a saudade e a falta que você me fez pra só assim saber que saudade boa não dói, e sentir falta de alguém que escolheu ir embora não vale a pena. Eu tive que aguentar o vazio que ficou pra aprender como decorar sozinha esses espaços com pedaços de mim mesma. Eu te agradeço, cara. De verdade, obrigada por toda infelicidade que você me causou, por toda decepção que você se tornou, e por todas aquelas promessas que você me fez e foi incapaz de realizar. Obrigada por toda dor que você me trouxe. Só posso te dizer que o amor que eu sentir por você foi real, e mesmo que no final de tudo tenha doído em mim, uma coisa eu aprendi com tudo isso, que eu não te perdi, me livrei.

Carta para quem já perdeu um amor.

Por mais louco que seja, a gente ainda se ama, só não estamos mais juntos. A gente ainda se ama, só decidimos seguir caminhos diferentes, sozinhos. A gente ainda se ama, só que agora, sem dormir juntos, sem trocar experiências, sem ensinar e aprender um com o outro. Não que eu não tenha aprendido com ela. Aprendemos bastante juntos, mas nem tudo chega ao fim porque a gente quer. Às vezes é só porque precisamos colocar um ponto final.

Dizem que quando é amor, o relacionamento nunca acaba. Mas você já parou pra pensar quantos relacionamentos ainda continuam de pé mesmo sem amor? O nosso chegou ao fim e posso dizer com toda certeza do mundo que existiu amor, do começo ao fim. Provei o gosto de todas as sensações que o amor pode proporcionar, mas às vezes, as coisas terminam, perdem o sentido, perdem a razão. Se você já abriu mão de alguém mesmo amando tanto, acho que você me entende.

Ainda me perguntam: ''Se você ainda gosta tando dela, por quê terminou?''. Eu sempre digo que amar alguém não é o suficiente pra ficar com essa pessoa. É preciso, que o outro esteja disposto a te fazer bem, a se entregar sem medir esforços, a mergulhar com você sem medo, a seguir todo o caminho, nem atrás, nem na tua frente, ao teu lado. É preciso que o outro esteja se sentindo bem ao estar com você, porque amor é entender a razão pela qual o outro desejou te incluir na vida dele, é entender todos os motivos que te mantém com aquela pessoa, é não ter motivos pra duvidar do sentimento entre os dóis, porque quando há dúvidas, significa que o amor está perdendo o sentido. E quando perde o sentido, a gente precisa pôr um fim.

Não é nada fácil acabar um relacionamento com alguém que você ama pra caramba. Digo isso porque já me perdi na respiração de alguém a ponto de perder a noção do tempo, já perdi o controle de mim mesmo, fiz coisas que eu jamais pensei que faria por alguém, tentei dar o máximo de mim pra acertar sempre, e mesmo errando às vezes, tentei reparar os meus erros. Digo isso porque aprendi a conviver com os defeitos de alguém que eu nunca pensei que suportaria, já esperei por cinco horas e meia essa pessoa chegar porque ela tinha se perdido no meio do caminho.

Já liguei pro médico dela pra perguntar qual remédio ela deveria tomar porque eu não entendia direito o que estava escrito na receita. Já tentei ler sobre assuntos que eu não conseguia compreender só pra aprender alguma coisa e ajudar de alguma forma, li livros que eu nunca me interessei, assisti filmes que eu não queria só porque a companhia dela me fazia bem e o jeito que ela deslizada a ponta dos dedos em meu braço era melhor que qualquer terapia. 
Eu sei o quando é difícil acabar com alguém que você ama pra caramba, porque já tive crise de ansiedade por chegar em casa primeiro que ela, e não ter recebido nenhuma mensagem dela me dizendo que tinha chegado bem. Já senti a aflição de ver alguém que você ama no hospital, por não receber nenhuma ligação dessa pessoa durante um dia inteiro. Já senti uma vontade absurda de dar o mundo pra alguém, e por não poder, dei meu coração.

A gente ainda se ama muito, mas infelizmente isso não é o suficiente. Às vezes bate uma vontade de ligar, mas não posso. Não posso porque nós não somamos mais, não acontecemos, cê me entende? Por mais que eu queira e saiba que ela também quer na mesma intensidade, sabemos que o nosso amor não foi feito pra durar uma vida inteira. Às vezes, a gente precisa escolher entre acabar algo ou esperar que isso acabe com a gente.