Eu posso viver sem você, mas não quero.

12:48:00 Iandê Albuquerque 13 Comments


A tua pele não cola mais na minha, arranha. Você aparece sem querer e aterrissa na minha pista por ser a única alternativa de pouso. Quando me toca, pede desculpas. Quando o teu corpo se aproxima, pede licença e eu sempre te dou mais espaço do que você precisa. Existe um atrito entre nós que me faz acreditar que cada vez mais posso viver sem você, mas é a força de ação e reação exercitada entre esse atrito que me faz acreditar em nós, mesmo quando não mais acredito. E então a partida sempre fica pra depois.

Pra falar a verdade, amor, eu posso viver muito bem sem você, mas é que prefiro não acreditar totalmente nessa possibilidade e por isso ainda estou aqui, ocupando o que talvez nem deveria ocupar. Tomando o espaço vazio que talvez já não esteja reservado pra mim. Questionando o que não me diz respeito e enchendo a tua vida com cobranças absurdas e tolices antigas. Posso viver sem você, mas não quero agora. Prefiro me manter aqui, esperando que você reaja, que mude ou que esse amor que a gente usa pra justificar nossos erros nos ensine a amar. Prefiro ficar aqui, torcendo por nós mesmo quando ninguém mais torce. Te desejando mesmo quando não te quero e te querendo mesmo quando não mais te desejo. Eu posso viver sem teus braços, mas é que me falta sono feito amor em dia de despedida. 

Posso viver tranquilamente sem você, mas não quero abrir mão de tudo que é nosso. Eu sei que agora, muita coisa deixou de ser e eu até viveria melhor se desistisse de você antes de tudo se tornar rotina, obrigação ou insistência. É que existe um medo de te deixar e consequentemente me perder. Eu sei que tudo o que era nosso, agora, parece não ser. Mas é que descer de você sem saber pra onde ir não vai ser bom pra mim. Eu sei que já não seguro bem a tua mão, que vivo largando você por aí, mas enlouqueço se você sumir dos meus olhos, juro! Eu posso viver sem você, mas te jogar pro lado de fora se transformou em um exercício diário, a resposta desse exercício é o contrário pra te esquecer. Eu tenho um medo absurdo de falhar no amor. De ver que tudo o que um dia tentamos guardar com muito esmero ficou na rua dos bobos, número zero. De saber que os nossos sorrisos, tão cheios de afeto, se perderam por aí. Que toda dedicação por nós e que, tanto capricho, tanta graça, tanto zelo deve haver renúncia. E então, eu não renuncio. Eu fico porque penso que é melhor chorar com você, do que sorrir sem. Que é melhor sofrer por você, do que por mais ninguém. 

Eu posso viver sem você, mas prefiro acreditar que esse amor não perdeu o rumo, que eu ainda seguro o prumo, que tem muito espaço nesse peito e nessa vida pra você preencher mesmo que você não esteja mais disposto. E que todas as lágrimas que tenho são mais gentis contigo. A gente não deve usar o amor pra justificar nossos retornos depois de tantos motivos pra partir. Eu fui porque não te quero. Voltei por pensar mais uma vez que te queria. Fiquei por justificar nosso vai-e-vem com vestígios de um amor sem fim. A verdade é que não existe mais vestígios entre tantas partidas e não sei exatamente em qual momento deixei o nosso ponto final. Nos dividimos sempre entre vírgulas solitárias, dores acentuadas e um amor que exclama por nós. Existe um ponto final nessa história que a gente apaga, rabisca, rasura, mas se quer, criamos coragem de assinar nossas demissões. A gente tenta encontrar um final feliz, mas não há finais felizes em histórias com páginas rasgadas. Eu posso viver sem você, mas não quero assinar nenhuma escolha de ser só, ou de deixar de ser pra você, mesmo que na verdade, deixei de ser faz tempo. 

Entre o receio de te deixar e o medo de ser deixado primeiro eu te dou mais um beijo, (um beijo daqueles aguados e sem gosto) em troca de tempo. A minha partida fica pra depois, o nosso adeus também. 

Leia também:

13 Comentários:

Diana Benvegnu disse...

Magnífico. .engraçado porque quando se fala de sentimentos todas as pessoas sem exceção. .Todas elas já sofreram por amor. ..adorei. .Parabéns


Roselye Kajitani disse...

Lendo, vamos acompanhando nossos sentimentos que em alguma fase da vida passamos por isso, e que em alguns outros caminhos, recaímos.
P-A-R-A-B-É-N-S Iandê!
Pois é,
"Pra falar a verdade, amor, eu posso viver muito bem sem você, mas é que prefiro não acreditar totalmente nessa possibilidade e por isso ainda estou aqui, ocupando o que talvez nem deveria ocupar. Tomando o espaço vazio que talvez já não esteja reservado pra mim."



Débora Acyole disse...

Chorei.
Pq amar dói?
Não deveria.




Géssica Gomes disse...

Entre o receio de te deixar e o medo de ser deixado primeiro eu te dou mais um beijo, (um beijo daqueles aguardos e sem gosto) em troca de tempo. Lindo.


Caraca! incrível como me encaixo em cada uma dessas palavras. Simplismente perfectt'
P A R A B É S !!! s2'


Amanda Oliveira disse...

Eu fico porque penso que é melhor chorar com você, do que sorrir sem. Que é melhor sofrer por você, do que por mais ninguém.....Perfect s2 frase do dia!

Posso viver tranquilamente sem você, mas não quero abrir mão de tudo que é nosso.....


Ariane Leal disse...

Posso viver tranquilamente sem você, mas não quero abrir mão de tudo que é nosso. Eu sei que agora, muita coisa deixou de ser e eu até viveria melhor se desistisse de você antes de tudo se tornar rotina, obrigação ou insistência. É que existe um medo de te deixar e consequentemente me perder. Eu sei que tudo o que era nosso, agora, parece não ser. Mas é que descer de você sem saber pra onde ir não vai ser bom pra mim. Eu sei que já não seguro bem a tua mão, que vivo largando você por aí, mas enlouqueço se você sumir dos meus olhos, juro! Eu posso viver sem você, mas te jogar pro lado de fora se transformou em um exercício diário, a resposta desse exercício é o contrário pra te esquecer. Eu tenho um medo absurdo de falhar no amor. De ver que tudo o que um dia tentamos guardar com muito esmero ficou na rua dos bobos, número zero. De saber que os nossos sorrisos, tão cheios de afeto, se perderam por aí. Que toda dedicação por nós e que, tanto capricho, tanta graça, tanto zelo deve haver renúncia. E então, eu não renuncio. Eu fico porque penso que é melhor chorar com você, do que sorrir sem. Que é melhor sofrer por você, do que por mais ninguém.""NOSSA EMOCIONEI CHOREI COM ESSE TEXTO É VC ESCREVEU COM TANTA PERFEIÇÃO ME IDENTIFIQUEI COM ESSAS PALAVRAS , ADMIRO MUITO VC ,VC É UM ESCOLHIDO DE DEUS PQ VC TOCA NO CORAÇÃO, QUANDO A GENTE PENSA QUE ALGUMAS PERGUNTAS NÃO TEM RESPOSTA TEM SIM EU LEIO SEUS TEXTO E ENCONTRO AS MINHAS , ATE COMO DIZER O QUE DIZER ENTÃO SEUS TEXTO FALAM POR MIM POR NÓS PRA QUEM SI IDENTIFICA. ABENÇOADA SEJA SEMPRE SUA VIDA BJUS NO <3


Eu tenho medo absurdo de fracassar no amor... Eu fico porque penso que é melhor chorar com você,do que sorrir sem. Que é melhor sofrer por você,do que por mais alguém.
(Todos os adjtivos pra vc ja foram ditos, mas é impossivel ler seus textos e nao dizer que isso é um dom,pois os mesmos sao perfeitos,cada um melhor que outro. Continue postando adoro lê-los )

Thiago Danllevo disse...

Já posso chorar? Amei o texto! Passei por essa situação, enfim fui liberto.






Cara não tenho mais adjetivos pra você! Muitoooo bom mesmo, que texto! As vzs eu acho que você sabe mais do que sinto do que eu. Mal posso esperar pelo livro, mal posso esperar!


Thiago Suarez disse...

"Que é melhor sofrer por você, do que por mais ninguém."


Romário disse...

Realmente um texto lindo, que trás lembranças de uma certa pessoa que devia der ficado pra trás, só que as lembranças e momentos felizes e mais forte que a vontade de esquecê-lá.

Anônimo disse...

Dói viu :(