Se for para vocês ficarem juntos de novo nada vai atrapalhar e torcer contra.

20:46:00 Rogério Oliveira 1 Comments


Eu sei que o peito lateja e a vontade de se trancar dentro de você mesma tem se tornado uma vontade constante. Sei também que sua rotina tem sido corrida, mas as lembranças têm caminhado lado a lado com você. Eu sei que suas vontades não foram as mesmas que a dele, e por ironia do destino, ou vontade de vocês dois, teve que ter um fim.

Eu sei que você sempre foi apegada a ele, que tudo que fazia girava entorno do mundinho dele. Ele sempre te tratou bem, fez tudo que você sempre teve vontade, mas por um momento da vida vocês se distanciaram e tudo que era tão perfeito acabou se tornando um caos, não foi?

Eu sei que a vida não é um mar de rosas, e você deveria ter aprendido isso, moça! A vida tem muito disso, um dia a gente está amando loucamente e no outro a gente chora feito criança querendo aquele brinquedo incrível que a mãe não pode dar.

Vocês tinham uma sintonia absurda, o olhar de vocês dois diziam muito. Eu sei que quando ele disse que precisava de um tempo você achou que não conseguiria mais viver sem ele. Eu sei que parece que o chão se abriu abaixo dos seus pés, e o desejo de mergulhar de cabeça e acabar de vez com esse sofrimento era maior que a vontade de prosseguir sem ele.

Eu sei que quando a gente se apega muito a alguém, a gente fica assim mesmo. Sem chão, sem rumo, sem vontade de dar continuidade a nossa rotina de sempre. Os dias parecem cinzas, o cheiro dele surge por todo canto, todo mundo resolve perguntar por onde ele anda, as manias das outras pessoas passam a se tornar as manias dele, e que cacete, a saudade dá nó no peito, o corpo começa a sentir falta do abraço, do aconchego e você se pega querendo apelar mais uma vez para que ele volte para você.

Se acalme! Você precisa fazer amizade com essa distância toda que tem te atormentado. Você precisa se acalmar, pedir para Deus cuidar das suas recaídas e do seu coração calejado. Moça, você precisa respeitar o espaço de vocês dois e enfiar na cabeça que amor a gente não implora. É preciso dar um novo rumo para a vida e realmente ocupar a mente com coisas que dão sentido ao seu novo estilo de vida.


Ele precisou de um tempo para organizar as coisas e colocar em ordem o amor de vocês. Quando desanda o melhor a se fazer é ir cada um para o seu lado. Não o culpe por você estar assim. Amor é complemento, se chegou aonde chegou é porque os dois tiveram culpa. Melhor ser honesto mandando a real que não dá mais, do que empurrar com a barriga e sair destruindo pouco a pouco o que vocês demoraram anos para construir juntos.

Se for para ser, acontece. Volta melhor do que antes. Se for para vocês ficarem juntos de novo nada vai atrapalhar e torcer contra. Entenda esse término como um ''até logo'', e vá viver sua vida sem criar grandes expectativas. Coloca aquele sorrisão no rosto, reforça o amor próprio, dê uma chance para você mesma e se ame. Tem muita gente que te cerca, que te gosta e quer te ver bem. Se for para acontecer ele voltará ainda mais convicto, com o peito aberto e o amor transbordando. Voltará ainda mais intencionado e chegará reforçando para você o que você esperou ouvir nesse tempo todo em que estiveram separados: “Você é a mulher da minha vida, que bom que te encontrei. Que bom que a gente está de volta! ”

Leia também:

1 Comentários:

Lari Nanda disse...

Mano, que texto! QUE TEXTO! é o elogio mais profundo que posso fazer, sério. Parabéns, caro autor. "Se for para ser, acontece.". :)