Série: Ok, também te amo. CAPITULO 2: Vocês eram tão perfeitos juntos.

20:59:00 Iandê Albuquerque 0 Comments

Eu e o Rodrigo acabamos porque o nosso amor não valia a pena. E sempre que alguém me fala: vocês eram perfeitos juntos. Eu imagino o quanto eu e o Rodrigo estávamos preocupados em provar pras pessoas que o nosso amor era verdadeiro, intenso, inteiro, imenso. Às vezes a gente se preocupa tanto em mostrar pras pessoas que o nosso amor é bonito, que não nos importamos tanto com a bagunça dentro de nós. Às vezes a gente maqueia tanto o lado de fora, enquanto o lado de dentro chora e sangra e a gente continua. 

A gente continua achando que amar é permanecer. A gente continua achando que uma hora o lado de dentro vai ser tão bom quanto o sorriso que carregamos do lado de fora. Se as pessoas soubessem o que o Rodrigo fez com a minha parte de dentro, nunca mais abriram a boca pra dizer que o nosso amor sempre foi lindo. Se eu contasse sobre todas as coisas que o Rodrigo me roubou, e sobre as migalhas que me deu em troca, talvez, as pessoas pensassem bem antes de acharem que o nosso amor era um mar de flores. 

A gente nunca imagina que alguém que amamos, pode nos machucar tanto. Até que essa pessoa nos machuca e a gente fica sem saber o que fazer, o que falar, o que sentir. Foram muitos machucados, e por todas as vezes, aceitei as suas desculpas e continuei por achar que um dia, tudo iria ficar bem. 

Quando a pessoa que você ama ignora as suas ligações e suas mensagens porque está numa festa com outras pessoas, essa pessoa não merece o teu amor muito menos a tua atenção. Quando alguém que você ama, fica com outras pessoas e depois te liga pedindo perdão, te dizendo que foi um deslize e que jamais acontecerá novamente (e você acredita porque afinal, você acha que amor é permanecer), essa pessoa não te valoriza e por isso, não merece a sua presença. Quando alguém que você ama, te desrespeita, ri das suas lágrimas, te rejeita, essa pessoa não quer o teu amor. Essa pessoa só quer te deixar cada vez mais distante do seu amor próprio. 


Foi num domingo que, no ápice do meu cansaço emocional, enviei uma mensagem pro Rodrigo dizendo: Acabou, cansei de você. Ele não me ligou, visualizou a minha mensagem e sequer respondeu. Sabe quando você ama alguém mas entende que não deve amar? Era isso que eu sentia. Eu sabia que essa situação não me fazia bem, eu percebia que eram sempre as mesmas desculpas, novos erros, novos machucados e cada vez mais, eu me via perdida. Perdendo tempo, perdendo a minha paciência, me perdendo.

Sabe quando você ama muito alguém, mas esquece de se amar em primeiro lugar? Foi isso que tinha acontecido comigo. Pensei em mil coisas antes de dizer que tinha acabado, pensei em milhares de situações que o Rodrigo me colocou. Deitei às dez da noite mas só consegui fechar os olhos às duas da manhã esperando algum sinal dele. Mas claro, o filho da puta ainda não tinha me respondido.


Continua... o próximo capitulo sairá no dia 03 de Agosto.

Leia também:

0 Comentários: